terça-feira, abril 20, 2010

O JUÍZO FINAL

“Aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois disso o juízo” (Heb.9.27).
“Mas o Senhor está entronizado para sempre; preparou o seu trono para exercer o juízo” (Sal. 9.7).
Literalmente, julgar significa diferenciar, e no sentido divino temos a idéia de separação. No juízo final Deus diferenciará entre os justos e os ímpios e fará a separação uns dos outros.
Em sua Palavra, Deus mostra que no seu plano eterno está o juízo final. Naquele dia todos compareceremos ante o tribunal de Cristo (II Cor. 5.10). Eu e você estaremos presentes. Tanto os que já morreram como os que estiverem vivos na volta de Jesus serão julgados. Será o último fato para tomarmos posse definitiva das mansões celestiais, e para que os ímpios se conscientizem de que não poderão sair do lugar de tormento, por terem rejeitado a salvação em Cristo.

PROVAS DO JUÍZO FINAL

Pela Bíblia o Senhor revela o que está por acontecer. Só ela é autoridade sobre o assunto. Já no Antigo Testamento, o Senhor falava a respeito do juízo final. (Sal. 9.7; 96.12,13).
Atos 17.31 diz que Deus “determinou UM DIA em que com justiça há de julgar o mundo”. Em Mateus 25.31-46, Jesus nos mostra aquele quadro fantástico do juízo final, quando todos hão de comparecer diante dele para que ele separe uns dos outros, como os pastores separam os cabritos dos carneiros. Em Hebreus 9.27 está a declaração de que após a morte segue-se o juízo. O Senhor mostrou detalhes do juízo ao apóstolo João na visão de Patmos (Apoc. 21.11-15).
Jesus faz questão que todos se familiarizem com a realidade do juízo final; por isso propõe as seguintes parábolas a respeito do assunto, além de outras afirmações:
1- Parábola do Trigo e do Joio (Mat. 13.24-30, 36-43).
2- Parábola do Tesouro Escondido, da Pérola e da Rede (Mat. 13.44-50).
3- Parábola dos Talentos (Mat. 25.14-30). Dos Evangelhos às Epistolas e ao Apocalipse, o Senhor nos dá testemunho do juízo final.

PROPÓSITOS DO JUÍZO FINAL

Entre outros propósitos podemos enumerar os seguintes:
1- Separar os justos dos ímpios (Mat. 25.31-46). A base de tal separação está no posicionamento das pessoas em relação a Jesus Cristo.
2- Revelar aos ímpios as suas iniqüidades (João 3.19,20; mat. 10.26; Sal. 90.8; Apoc. 20.12). Ao verem, diante de si, a vida que levaram em relação a Deus, não poderão negar que a condenação para eles é por demais justa.
3- Acerto de Contas. Todos teremos de prestar contas ao Senhor. Disse Jesus: “De toda palavra fútil que os homens disserem, hão de dar contas no dia do juízo” (Mat. 112,36). E Lucas registra: “Nada há encoberto, que não haja de ser descoberto, nem oculto, que não haja de ser conhecido” (Luc.12.2). Hebreus diz: “Todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele a quem havemos de prestar contas” (4.13). E o apóstolo Paulo afirmou: É necessário que todos nós sejamos manifestos diante do tribunal de Cristo, para que cada um receba o que fez..., o bem ou o mal” (II Cor. 5.10).
4- Retribuir (Rom. 2.5,6; I Cor. 4.5; II Cor. 5.10). Para os ímpios, mesmo somando todos os seus atos de bondade, isso será insuficiente para não serem condenados (Ef. 2.8), mas para os justificados em Cristo, até mesmo um copo de água dado, em função da sua obra, terá o seu galardão – Mat. 10.42.
5- Dar-se posse definitiva. Será quando os ímpios serão lançados, definitivamente, no tormento eterno, e os salvos receberão a “certidão” de posse definitiva nas mansões celestiais (Mat. 25.34-41; Apoc. 20.11-15; 21.1-8).
6- Julgamento (Apoc. 20.11-15). Texto que fala do tribunal do grande trono branco. O mar, a morte e o inferno deram os seus mortos e todos foram julgados.

TODOS SERÃO JULGADOS

Todos serão julgados: homens, mulheres, jovens e adultos, crianças e velhos, ricos e pobres, cultos e indoutos, mendigos e deficientes físicos (Luc. 14.21). Vivos e mortos serão julgados. Os que crêem e os que não crêem na vida eterna, todos comparecerão ante o tribunal de Cristo, para o juízo que será individual (Apoc.20.12; II Tim. 4.1; II Cor. 5.10).
Quanto aos incrédulos, Jesus diz que já estão julgados antes do juízo final, porque não crêem no nome do unigênito Filho de Deus (João 3.18).
Para os crentes, não há nenhuma condenação (Rom. 8.1), nem julgamento quanto à eternidade, pois em Cristo já passaram da morte para a vida (João 5.24; II Cor. 5.17). Diz o apóstolo Pedro que Jesus carregou sobre si os nossos pecados (I Ped. 2.24). O julgamento dos crentes será para a definição do galardão de cada um (I Cor. 3.11-15; I Ped. 5.4; Apoc. 22.12).

O DIA DO JUÍZO FINAL

O dia do juízo final é outro assunto que faz parte dos segredos de Deus. Devido às diversas posições a respeito do milênio, os mil anos de que fala Apocalipse 20.1-7, há teólogos que admitem e ensinam que há uma série de juízos. O assunto é controvertido, mas não altera o fato de ser SEGREDO DE DEUS o modo como se dará, bem como o tempo que ele determinou. Aprendemos de Atos 17.11 que DEUS DETERMINOU UM DIA EM QUE HÁ DE JULGAR O MUNDO. O apóstolo Paulo informa que será na segunda vinda de Cristo (II Tim. 4.1,8; I Tess. 1.9,10). Em Mateus 25 e em Lucas 19.11-27, Jesus deixa claro que na sua volta apanhará muita gente de surpresa, quando fará o acerto de contas. Como ninguém sabe qual será o dia da volta de Jesus, também, do DIA E HORA DO JUÍZO FINAL NINGUÉM SABE, SENÃO O PAI (Mat. 24.36).
Que vivamos a mensagem do hino 490 do Cantor Cristão, pois em Jesus Cristo já vivemos as bênçãos celestiais e estamos livres do juízo da condenação eterna. Amém!

Pr Omar Bianchi

************************************************

CANTOR CRISTÃO HINO 490- COM CRISTO É CÉU
1. Depois que Cristo me salvou,
Em céu o mundo se tornou;
Até no meio do sofrer
É céu a Cristo conhecer
.

Oh! Aleluia! Sim, é céu
Fruir perdão que concedeu!
Em terra ou mar, seja onde for.
É céu andar com o Senhor.

2. Pra mim muito longe estava o céu.
Mas, quando Cristo me valeu,
Feliz, senti meu coração
Entrar no céu da retidão.

3. Bem pouco importa eu ir morar
Em alto monte, à beira-mar,
Em casa ou gruta, boa ou ruim,
Com Cristo aí é céu pra mim.

Autor: Benjamim Rufino Duarte (1874-1942)

2 comentários:

Guerreiros da última geracão disse...

Parece que os pensamentos do cristãos esses dias é na volta de Jesus e postei um video impactante no meu blog que tem haver com isso vale a pena ver, o seu blog está de parabéns muito edificante estou te seguindo.
Aproveite da uma passada lá no meu
http://jcbguerreiros.blogspot.com/ e compartilhe o video com outros, pois é muito diferente do já vi ..Tremendo

Vicente Lino da Natividade Apelidado: NEL disse...

Parabéns pelo trabalho no blog. Já estou seguindo.

Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar segui-lo, será uma honra.

Seus comentários também serão muito bem-vindos.

www.adonainews.com.br

Vicente Lino da Natividade Apelidado: NEL