segunda-feira, maio 30, 2011

DIP- DOMINGO DA IGREJA PERSEGUIDA- “Ore por Nós!”

Quando você pergunta a um missionário que está a serviço na Obra de Evangelização, qual a sua principal necessidade ou o que podemos fazer para ajudá-lo de forma imediata, a resposta é sempre: “Não deixem de orar por mim!” Eles nunca vão dizer que precisam de itens materiais para continuar seu trabalho e sim que necessitam, a todo o momento, estarem debaixo da proteção divina e da cobertura de oração dos irmãos que como eles fazem parte do Corpo de Cristo nesse mundo.
Eles crêem nos ensinos de Jesus: “Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e todas essas coisas vos serão acrescentadas” (Mt 6.33).


No dia 19 de junho, domingo, inúmeras igrejas espalhadas pelo mundo dedicarão uma programação especial durante todo o dia visando conscientizar todos os cristãos sobre as dificuldades que enfrentam muitos irmãos que anunciam o Evangelho da Salvação em Jesus Cristo em países onde a pregação da Palavra de Deus, a Bíblia, é não somente proibida, mas pode levar à prisão e à morte os seus porta-vozes.
Nós, cristãos brasileiros, temos a felicidade e por que não dizer a bênção divina por residir em um país onde, até a presente data, é permitido que a Palavra de Deus e a Salvação em Jesus Cristo sejam anunciadas a todas as pessoas livremente, mas, infelizmente, esse não é o caso de tantos irmãos e irmãs que, ao atenderem o chamado do Senhor, se dispuseram em Suas mãos para levar a mensagem de Salvação aonde a grande maioria de nós não poderia ou até mesmo não gostaria de ir.
São irmãos e irmãs que não temem perder a própria vida para cumprirem o “IDE” de Jesus (Mt 28.16).
Não nos esqueçamos de que a perseguição em alguns lugares não atinge apenas os missionários e suas famílias, mas também e principalmente aos que se convertem. Quando um membro de uma família residente em países islâmicos, budistas, hinduístas ou comunistas entrega sua vida a Jesus, começa a ser perseguido sem tréguas nem piedade. São abandonados por toda a sua família e não poucas vezes são entregues às autoridades policiais para serem torturados até que: neguem sua nova fé e retornem à antiga ou sejam mortos para servirem de exemplo aos que buscam seguir o mesmo caminho e decidam professar, mesmo que às escondidas, a fé  e a Salvação pessoal de suas vidas em Jesus Cristo.
Como não poderia deixar ser, nossa igreja também está engajada há anos nessa luta em favor de nossos irmãos que pertencem à Igreja Perseguida.
Felizmente, os missionários mantidos pela IBRAV (Igreja Batista Renovada Água da Vida) não estão residindo em países onde a perseguição religiosa é tão intensa como nos países islâmicos, budistas, hinduístas ou comunistas, mas nem por isso deixam de ter suas dificuldades para que a Palavra de Deus alcancem os corações.
Muitos deles se deparam com religiões animistas, onde a bruxaria e a feitiçaria são comuns entre a população, por isso necessitam sempre de nossas orações intercessórias para que o Senhor lhes conceda Poder e autoridade para exercerem seus ministérios nessas regiões.
Todos devemos participar ativamente da programação preparada pelos irmãos responsáveis.
Teremos, além de nossas orações, a apresentação de filmes, vídeos e palestras sobre missões e principalmente sobre as atividades da Igreja Perseguida.
Tenho certeza que depois de participarem das atividades do DIP vocês nunca mais serão os mesmos, especialmente no que diz respeito a Missões e Evangelização.
Convocamos principalmente os jovens para se engajarem não apenas nas atividades no dia 18 de junho de 2011, mas para colaborarem continuamente para que a luta enfrentada por esses irmãos espalhados por diversos países não seja vã.
Se a sua Igreja não está cadastrada para participar das atividades do DIP ou nunca ouviu falar sobre o mesmo, sugerimos que conheçam o trabalho desenvolvido pela Missão Portas Abertas (WWW.portasabertas.org.br) acessando o link (http://www.domingodaigrejaperseguida.org.br/)
O que é o Domingo da Igreja Perseguida?
O Domingo da Igreja Perseguida (DIP) foi criado pelo Irmão André, fundador da Portas Abertas, com o objetivo de unir cristãos em torno de um só motivo: nossos irmãos que pagam um alto preço por sua fé.
A data varia de ano em ano, pois é marcada para o domingo seguinte ao de Pentecostes. Esse critério foi adotado porque, no relato bíblico em Atos 4, o início das perseguições aos cristãos acontece logo após a descida do Espírito Santo, com a prisão de Pedro e João. Simbolicamente, pode-se dizer que essa foi a "fundação" da Igreja Perseguida.
Esse dia tem o objetivo de unir as igrejas brasileiras a passar momentos voltados à lembrança dos cristãos perseguidos, já que estes enfrentam muitas dificuldades em nome de sua fé em Cristo. Por isso, convidamos você a organizar este evento e ser um representante da causa da Igreja Perseguida.
Por ser um dia todo separado ao propósito de apresentar a realidade vivida por cerca de 100 milhões de cristãos ao redor do mundo, várias atividades podem ser elaboradas para chamar a atenção dos membros de sua igreja.
Organizadores voluntários mobilizando igrejas para o DIP
Em 2008, 1.719 igrejas brasileiras participaram do DIP. Essa mobilização só foi possível graças à ação de voluntários – pessoas que conhecem a causa da Igreja Perseguida e se prontificam a divulgar, em suas igrejas e comunidades, as necessidades dos nossos irmãos perseguidos.
Em 2009, 4.200 congregações participaram do DIP.
Em 2010 foram quase 3.000 Igrejas participantes. Para 2011, aguardando que mais igrejas estejam à frente desse importante evento de conscientização para os cristãos brasileiros. Até esse momento 2.383 Igrejas já confirmaram a sua participação.
Precisamos de sua ajuda para envolver um número maior de participantes. Até que todas as igrejas brasileiras conheçam a realidade dos cristãos perseguidos, não podemos nos acomodar!
Um dia inteiro de atividades: você escolhe a melhor para sua igreja
Um dia inteiro dedicado à oração e à lembrança desses irmãos que sofrem por sua fé! Irmãos que são exemplo de perseverança e de amor ao nosso Deus. As classes de escola dominical, as reuniões dos departamentos e os cultos desse dia poderão ser inteiramente dedicados ao DIP.
Esta é uma oportunidade para envolver adultos, jovens, adolescentes e crianças da Igreja brasileira com a Igreja Perseguida. E isso é feito por meio da oração e do relato de histórias e variadas situações vividas por nossos irmãos perseguidos.
Em todo o mundo, cerca de 100 milhões de cristãos são perseguidos por conta de sua fé em Cristo. Muitos deles vivem em países em que a religião oficial é o islamismo, o hinduísmo, ou que têm regimes políticos comunistas e nenhuma religião é permitida. Nessas nações, os cristãos são minoria e enfrentam os mais diversos tipos de restrições, desde a perda do emprego, até a morte de familiares.
Entretanto, são poucos os brasileiros que sabem disso. Provavelmente, acredita-se que, por se estar em pleno século XXI, a perseguição não aconteça mais. Porém, não é isso que a Missão Portas Abertas tem acompanhado e, por esse motivo, ela tem a grande tarefa de levar à consciência da Igreja no Brasil essa verdade.
A mídia secular tem, cada vez mais, destacado os fatos da intolerância religiosa contra os cristãos. Jornais como o Diário de S.Paulo e sites como o UOL, publicaram recentemente notícias sobre a perseguição. Por isso, é hora de a Igreja no Brasil tomar conhecimento e agir em favor da parte do Corpo.
Um dos eventos para despertar nas igrejas brasileiras a lembrança desses irmãos perseguidos é o DIP - Domingo da Igreja Perseguida - que foi criado pelo Irmão André, fundador da Portas Abertas, há 21 anos. A data varia de ano para ano, pois é marcada para o domingo seguinte ao de Pentecostes como explicamos acima.
Este ano, o DIP acontecerá em 19 de junho. Nesse dia, as igrejas criam atividades de acordo com o tempo permitido pelo pastor. Algumas utilizam todo o domingo, outras parte do dia, ou ainda, parte do culto. O que importa, é que a Igreja brasileira ouça sobre a Igreja Perseguida.
O site www.domingodaigrejaperseguida.org.br contém todas as informações necessárias para realizar o evento, com sugestões e explicação de como se tornar um organizador do DIP.
O organizador é a pessoa responsável pelo evento em sua comunidade. Ele será o representante dos cristãos perseguidos em sua congregação, pois o DIP não pode acontecer sem ele. Ele é fundamental para que as igrejas em todo o país saibam o que os cristãos no mundo têm enfrentado para servir a Cristo.
Você pode ser um desses cristãos como Paulo descreveu em 2 Coríntios 8.4: “Por iniciativa própria eles nos suplicaram insistentemente o privilégio de participar da assistência aos santos", que fazem questão de ajudar aos “santos”. A Igreja Perseguida precisa que você, que sabe que ela existe, divulgue a outros. Ela precisa ser conhecida. Ela precisa que seus irmãos da Igreja Livre intercedam, orem e lembrem-se deles em suas atividades na igreja.
Converse com seu pastor e seja um organizador. Estamos à sua disposição para ajudá-lo a criar o melhor ambiente dentro do tempo que lhe for permitido. Não fique de fora! Participe da assistência aos nossos irmãos que nos ensinam lições de fé, perseverança e força em meio a tantas adversidades.

A Igreja Perseguida precisa de você.
Faça algo por ela.
Realize o DIP em sua igreja.




Um comentário:

Gabriela disse...

Olá muito bom seu blog ja estou seguindo. Tenha uma semana muito abençoada na paz de Deus.
www.blogandodemadrugada.blogspot.com