sábado, outubro 24, 2009

O crente crescendo através da oração












Textos:Mateus 26: 30 a 46; Lucas 11:9 e 10; Colossenses 4: 1 a 4.


Juntos, oração e Palavra, não podem jamais andar separados.
Alguém já disse que a oração é a mola que impulsiona o cristão, quantas e tantas são as experiências que temos através da oração, que mesmo aparentemente não respondidas (é o que muitos pensam) trazem para o cristão um crescimento importante.
O exemplo maior que temos é O Senhor Jesus Cristo. Quantas vezes encontramos Jesus orando, buscando ao Pai em oração, ensinando os seus discípulos a orar, pregava a Palavra e orava, vivia o que pregava, e isto é a maior marca do Filho de DEUS!
“QUANTOS HOJE EM DIA EXIGEM DOS OUTROS AQUILO QUE NÃO SÃO, QUE NÃO FAZEM NA OBRA DO SENHOR, EXIGEM COMPROMETIMENTO EM SEUS MINISTÉRIOS, MAS NÃO TÊM COMPROMISSO COM OUTROS MINISTÉRIOS, EXIGEM RESPEITO MAS NÃO SE DÃO AO MESMO, COMO O SENHOR JESUS OS COMPARARIA NOS DIAS DE HOJE – A FARISEUS E HIPÓCRITAS? QUANTOS DIZEM QUE O SENHOR OS LIVRA DE TODO O MAL, MAS ANDAM COM GUARDA-COSTAS E EM CARROS BLINDADOS, PREGAM DENTRO DE REDOMAS BLINDADAS, VIVEM CERCADOS DE SEGURANÇAS – DIZEM : FAÇAM O QUE EU FALO, MAS NÃO SIGAM O QUE EU FAÇO”!

Moody dizia preferir mil vezes aprender a orar como Daniel a vir se tornar um pregador como Gamaliel!

Exemplo de Jesus no ministério prático da oração:
1- No momento de maior dor e sob peso da responsabilidade de cumprir o determinado pelo Pai, Jesus seguiu o caminho da oração (Mt 26:36);
2- Cercou-se de amigos íntimos e de oração (37);
3- Estabeleceu a guarda de vigilância (38);
4- Decidiu lutar a batalha sozinho (39);
5- Enfatiza a necessidade de oração.

A prática da oração:
1- Ordem é orar sempre;
2- Na madrugada, durante o dia, no templo ou nos lares (Mar. 1:35; At. 2: 46).

Promessas nas orações:
1- Buscar... achar; bater... abrir; pedir... receber;
2- Orando com sabedoria (Col. 4:4);
3- Alegria, maior humildade, crescimento, do louvor Ao Senhor e simpatia do povo.

Falar com O Pai, conversar com DEUS, é como normalmente vemos a definição de oração. Porém, sabemos que a oração é muito mais que isso, envolve uma intimidade com O Pai que leva o cristão a ter momentos de inspiração e quebrantamento; intercessão por outros membros do corpo; por aqueles que estão fracos na fé; repreendendo o maligno e buscando maior compreensão da Palavra de DEUS!
Jesus orou ao ser batizado (Luc. 4:21); orou outra vez e escolheu os discípulos (Luc. 6:12) e no fenômeno da transfiguração, dos pães multiplicados e em outras várias passagens. Ele orava ao Senhor em particular (Mar. 1:35; 6: 45 a 47; Luc. 5: 16; 6: 12; 9: 18; João 18: 2 e outros) apresentando ao Pai as suas necessidades, suas particularidades e sua angustias porque não dizer (pois estava no corpo da carne) veja na oração em Lucas 22 .
“TODOS OS CRISTÃOS DEVEM DESENVOLVER MOMENTOS DE ORAÇÃO. NEM SEMPRE TEMOS PESSOAS DE ORAÇÃO CONOSCO E POR ISSO É MISTER TERMOS ESTE ACESSO DIRETO AO PAI ATRAVÉS DO ÚNICO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO”!
Jesus nos manda pedir em oração (Luc. 18:1), apresentar ao Pai nossas necessidades, abre o coração do Pai desvendando coisas grandes e tremendas que não sabemos... (Jer. 33:3), buscando sabedoria no que devemos pedir (Tiago 4: 2 a 3).
A oração deve sempre ser feita “em Nome do Senhor Jesus Cristo”, direcionada ao DEUS Pai que é quem vai responder e muitas vezes através da intercessão do Espírito Santo (João 14: 3; Rm 8).

George Müller, diretor da Escola Bíblica do Ar cita cinco princípios básicos para a oração:


1- Não há emergência que DEUS não conheça e por isto existe sempre provisão para enfrentá-la;
2- Não fica bem ao servo que vive pela fé contrair dívidas;
3- Não se deve usar para outro fim o que recebemos, senão como designado;
4- A vida de fé precisa ser também uma vida de sã consciência;
5- A fé pressupõe fidelidade.
Muller teve suas orações maravilhosamente respondidas, isto é prefaciado no livro: CINQUENTA MIL ORAÇÕES RESPONDIDAS!

O que dizer de Hudsom Taylor, Spurgeon, Moody e tantos servos do passado que tiveram orações tremendamente respondidas Pelo Pai.
“PASSA DE MIM ESTE CÁLICE, TODAVIA NÃO SEJA A MINHA, MAS A TUA VONTADE EM MINHA VIDA...”
A oração do Senhor Jesus é básica em nos mostrar a “soberania” do DEUS Pai em todas as coisas. Muitas vezes não vemos as orações respondidas da maneira como esperávamos, aí, nos julgamos derrotados e sem fé, achando que O Senhor não nos respondeu; porém, não entendemos que Ele respondeu sim, mas não da maneira como esperávamos. Ele é Soberano é pode responder “Não” a quem quer que seja!!
Estudamos às 5ªs, sobre as orações. Podemos aplicar muito deste estudo nesta lição da EBD.
Oremos, pois, perseverantes como nos ensina a Palavra (Rom. 12:12; At. 1: 14) e aguardemos as respostas...
Amém.
Pr Omar Bianchi

Nenhum comentário: